Subaru Impreza WRX STI – Aperfeiçoar a espécie

IMG_7748Amado por muitos, o Subaru Impreza WRX chegou à terceira geração, refinou-se e debaixo de um manto insuspeito revela-se capaz de fazer vida negra a alguns desportivos.

O estilo nunca foi um dos pontos fortes dos Impreza, mas com o formato tradicional de berlina onde se aplicavam “ailerons” mais ou menos vistosos, criou uma legião de adeptos. Subitamente, o Impreza perdeu o terceiro volume e ganhou aspecto de familiar médio com cinco portas e um manto discreto. É verdade que as cavas das rodas são muito musculadas – especialmente os dois guarda lamas – os pára-choques estão bem trabalhados em termos aerodinâmicos e a tampa da mala exibe uma asa exuberante, mas pintado de preto como a unidade ensaiada, o Impreza WRX STI é realmente muito discreto. E nem os farolins traseiros tipo “tuning” conseguem melhorar esse cenário.

Tecnicamente impressionante

Uma coisa não mudou: o motor continua a ser um “boxer” de quatro cilindros com um barulho… lindo. Aqui tem 2,5 litros de cilindrada e com a ajuda de um turbocompressor e de um intercooler debita nada menos que 300 CV e um extraordinário binário de 407 Nm. É verdade que nenhuma destas cifras é obtida a baixas rotações, mas a disponibilidade do motor é tão grande que são possíveis certas habilidades.

A tracção é integral e possui um sistema verdadeiramente espectacular. Inteligente e regulável, adapta-se a todos os tipos de pisos e de condução. Três posições são posíveis: Inteligente, Sport e Sport Sharp. O primeiro regula automaticamente o comportamento dos diferenciais e auxilia o ESP a controlar os excessos. Na segunda posição, o sistema dá-nos maior liberdade e permite que posamos tirar mais partido das capacidades dos chassis. Finalmente, a terceira posição que assegura um comportamento muito mais vivo e que quando desligamos o ESP, no deixa entregue a nós próprios. E para ajudar ainda mais um pouco, há a possibilidade de regular o diferencial central, de automático até ao bloqueio 50/50 (pelo meio podemos enviar mais ou menos tracção para o eixo traseiro).

A caixa é de seis velocidades e a suspensão é independente nas quatro rodas, sendo que atrás é de duplo braço sobreposto. A travagem está entregue a um potente conjunto Brembo. E até nas dimensões, a Subaru acertou na “mouche”: com 4,4 metros de comprimento e uma distância entre eixos de 2,6 metros, proporções bem equilibradas.

Desempenho alucinante

O interior tem uma apresentação desportiva, melhor que nos últimos Impreza: conta-rotações no centro do painel de instrumentos, pedais em alumínio e dois excelentes bancos feitos exclusivamente pela Recaro para este Impreza. O volante é pequeno, mas como já acontecia no anterior modelo, está colocado um bocadinho abaixo do que seria exigível.

O motor coloca-se em funcionamento sem chave, basta colocar o pé na embraiagem e carregar no botão Start/Stop, colocado num local – à esquerda do volante -que até parece que é uma provocação à Porsche… Mas não é, pois nas versões de volante à direita, o botão fica no lado certo. O barulho melodioso do “boxer” chega até nós sem irritar e depois de um aquecimentozinho (não é preciso, mas o barulho é lindo…) partimos para a descoberta.

Os pneus Dunlop não gostam de andar depressa sem estarem bem quentes e por isso, os primeiros momentos devem ser dedicados a fazer subir a temperatura. E já agora, deixar que os diferenciais e a caixa também fiquem mais quentes, pois a frio são muito ásperos. Com tudo quente, condutor incluído, chegou a hora de soltar a fera.

Primeira desilusão é o “feeling” da direcção. Assistida de forma eléctrica, não é muito directa e as sensações que nos chegam são demasiado filtradas. É verdade que não temos problemas para controlar o carro e as derivas que possam surgir, mas não gostámos do “feeling”.

Primeiro teste? Verificar se a aceleração 0-100 km/h é mesmo de 5,3 segundos. Não é, mas sim de 5,5 segundos! Verdadeiramente espectacular… Chegados a um dado percurso, foi um verdadeiro festival explorar as capacidades da tracção. Nos primeiros momentos o Impreza desafia a crença nas nossas capacidades, pois parede que está sempre a fugir às quatro rodas. Mas quando nos habituamos, percebemos que a fuga está sempre controlada e começamos a elevar o ritmo para patamares verdadeiramente impensáveis.

Convirá, contudo uma palavra de cautela: o Impreza WRX STI sem ajudas electrónicas é um carro apenas para mãos experientes, pois curva de tal forma rápido que uma pequena hesitação pode provocar um susto ou mesmo o acidente. O truque é manter a aceleração e não ter receio de manter a velocidade de entrada e continuar a acelerar. Verá que curvará a velocidades inimagináveis.

Preço elevado… ou não?

É verdade que é um carro caro pois custa mais de 50 mil euros e consome mais de 12 litros em média se andarmos calmamente, caindo para lá da barreira dos 20 litros (e muito…) em ritmo de ataque.

Mas o prazer de condução que oferece e a riqueza tecnológica justificam cada euro investido neste Impreza WRX STI. Se tem bolsos fundos, não hesite e seja diferente ao optar por um Subaru.

Características técnicas

Motor 4 cil. opostos16V; 2457 c.c., turbo e intercooler; Potência – 300 cv / 6000 rpm; Binário – 407 Nm / 4000 rpm; Transmissão – Integral, caixa manual 6 vel.; Suspensão – Independente, tipo McPherson c/barra estabilizadora fr. / Independente, triângulo sobreposto e barra estabilizadora tr.; Travões -Discos vent. fr./tr.; Comp./Larg./Alt. – 4415/1795/1475 mm; Dist. entre eixos – 2625 mm; Capacidade da mala – 301/1216 litros; Peso -1505 kgs; Velocidade Máxima – 250 km/h; Acel. 0-100 km/h – 5,3 litros; Consumo médio – 11,8 l/100 km; Emissões CO2- -243 (Categoria F)

Preço 55.600 euros

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: